Resgate de Brincadeiras de rua
 
 
introdução
tarefas
processo
avaliação
conclusões
 
  INTRODUÇÃO  
 

As brincadeiras, principalmente as realizadas ao ar livre, em espaços vagos e denominadas de brincadeiras de rua, por serem praticadas livremente, estão caindo no esquecimento com a tedência de desaparecerem. Atualmente, as ruas não oferecem esta oportunidade, devido ao intenso trânsito de veículos. Velhas, esquecidas e ofuscadas pelo brinquedo eletrônico, a falta de tempo dos pais, o crescimento urbano desenfreado, pela agitada vida do mundo moderno entre outros fatores.

As brincadeiras existem desde o surgimento do ser humano na face da terra, oser racional e o irracional brincam, podemos comprovar observando animais, especialmente bastante jovens que brincam observados por seus pais. As brincadeiras não nasceram nas escolas, mas sim nas ruas, nos espaços ao ar livre, como terrenos baldios, e , em vários lugares estão sendo levados para as escolas como proposta de aulas de educação física escolar com o ituito de resgatar a cultura infantil e enriquecer conteúdos pedagógicos. a brincadeira é universal e normalmente passa de pai para filho. Muitas brincadeiras como imitação de animais, por exemplo, tem origem na tradição infantil e no imaginário de diversas tribos indígenas Brasil afora, com inflência dos portuguesss e dos negros.

 Fonte: 200.201.8.27/index.php/cadernoedfisica/article/download/1843/1492

 



 
     
     
 
Webquest elaborada por Ailton Arley com